Como maximizar a eficácia de seus anúncios no Facebook?

O maior desafio ao implementar uma campanha de anúncios do Facebook é maximizar a eficiência dos seus anúncios.

Escolha um objetivo de campanha correspondente.

Cada objetivo de campanha resolve um objetivo de negócios específico e visa alcançar o resultado desejado

Crie um público personalizado.

O público-alvo personalizado permite que os anunciantes exibam seus anúncios apenas para o público “quente”. Esses públicos-alvo são pessoas que já interagiram com sua marca. O público-alvo personalizado ativará o recurso mais poderoso de anúncios do Facebook… REMARKETING

Utilize diferentes formatos de anúncios.

O Facebook oferece vários formatos diferentes de anúncio, que podem fazer sua campanha não apenas parecer melhor, mas resultar em conversões mais altas. Pense   quais são os formatos que podem ser mais interessantes para o seu público.

Precisa de resultados? Contacte-nos 

Trabalhas com anúncios? Então vais querer saber o que é o pixel do Facebook e como funciona.

O QUE É O PIXEL DO FACEBOOK? 

O pixel do Facebook é um código que  pode colocar no seu site e funciona como uma ferramenta de análise. Este código permite que você colete informações para rastrear conversões de anúncios do Facebook, otimizar seus anúncios e construir públicos-alvo.

Este código funciona configurando e ativando cookies que rasteiam os usuários conforme eles interagem com o seu site e seus anúncios do Facebook.

COMO PODES UTILIZAR O PIXEL DO FACEBOOK?

Você pode usar o rastreamento de pixels do Facebook para colectar dados sobre  diferentes de eventos. Um “evento” é basicamente uma ação específica que um visitante realiza no seu site, como fazer uma compra, gerar uma lead ou finalizar um processo de registo. 

Agora que você sabe que tipo de acompanhamento pode realizar (e os motivos pelos quais deve fazê-lo), é hora de criar seu pixel e colocá-lo para funcionar em seu site.

5 passos para criar um excelente plano de marketing

5 passos para criar um excelente plano de marketing 

# 1 – Analise a situação da sua empresa: Entenda os objetivos que você deseja alcançar, os desafios que deverá ultrapassar para la chegar e a urgência que tem para alcançar esses mesmo objetivos.

# 2 – Saiba quem são seus clientes: A criação de Personas para identificar o seu potencial cliente.E claro como seu produto ou serviço pode ajudá-lo.

# 3 – Analise sua concorrência: Preços, comunicação, diferenciais e, em geral, os pontos positivos e negativos de nossos negócios e da concorrência. Quanto mais soubermos, mais possibilidades temos de criar um plano de marketing bem-sucedido.

# 4 – Defina suas estratégias e acções: Por exemplo, você deseja conquistar novos clientes ou aumentar ou fidelizar os que já tem?

# 5 – Defina um cronograma: Defina datas para as acções do plano de marketing a serem executadas. Certifique-se de monitorizar a execução das suas acções. Essa é a parte do seu plano que define o sucesso ou falha da execução.

Agora, qual é o método correto para definir metas? Seja SMART: Specific, Measurable, Achievable, Relevant, Time Based

A Publicidade Nativa

A publicidade nativa é aquela que aborda qualquer situação em que as mensagens da marca se encaixam perfeitamente em seu ambiente ao redor. Os anúncios nativos costumam ser encontrados em feeds das redes sociais ou como conteúdo recomendado em uma página web dentro do meio digital.
Ao contrário dos anúncios gráficos ou de banners, as peças de publicidade nativa não são realmente parecidas com anúncios convencionais. Eles parecem parte do fluxo editorial da página.
Por que apostar na publicidade nativa?

Porque a publicidade nativa funciona, essa é a resposta simplificada.
A realidade é que ter uma estratégia de marketing digital integrado nos dias de hoje é algo obrigatório.
A publicidade nativa mais tradicional é um espaço menos explorado do que o da publicidade gráfica, mas como os consumidores cansados do “spam” e da “lavagem cerebral” de muitas campanhas publicitárias, o formato nativo está a ganhar força.

Quando usar a publicidade nativa?

Agora mesmo. A publicidade nativa está a funcionar. É por isso que agora é o melhor momento possível para explorar esta nova oportunidade de sair a frente da concorrência.

Context vs Content Marketing

Context vs. Content Marketing? Já ouviste falar? Sim, context com “x” no lugar do “n”… mas em realidade Context Marketing e o novo Content Marketing.
É verdade: o marketing, juntamente como todas as outras coisas no mundo, está a evoluir e a inovar a cada nova teoria, tecnologia e tendência.

Adoro a ideia do Context Marketing. Entregar a mensagem certa, para a pessoa certa, no momento certo, no caminho certo, é o sonho de qualquer marketer.

Mas sem os fundamentos do content marketing , a mensagem estaria errada. Sem uma estratégia de conteúdo,sem metas quantitativas, dados ou relatórios, nunca saberíamos por que estávamos a fazer tudo isto em primeiro lugar.

Meus amigos fica ai a dica…

Fast Content

A tendência de consumo de conteúdo rápido é imparável.
Combinar qualidade e velocidade é um dos principais desafios enfrentados pelos consumidores e pelos criadores de conteúdo.

92,1% dos usuarios da internet acedem através do telemovel. Essa acessibilidade nos convida a conectar-nos quase constantemente.

A verdade é que vivemos na era dos micro momentos e a maioria deles ocorre nas redes sociais. É necessario por tanto atingir o usuario de maneira rapida e precisa.

Combinar qualidade e velocidade é um dos principais desafios. A chave esta na criatividade e na capacidade de utilização da tecnologia.

Um bom exemplo de fast content são os stories e os diretos, que ajudam as marcas, pessoas, empresas etc… a conectarem se com um publico impulsado pela urgencia.

Dito isto meus amigos, o fast content é sem qualquer duvida uma das tendencias do marketing digital no 2019.

Landing Page

Uma landing page é uma ferramenta de marketing digital. Uma ferramenta projetada com uma única finalidade…gerar uma ação! E por tanto gerar leads. Leads ou contatos que serão utilizados posteriormente na estratégia de marketing digital da sua empresa.

Agora, dependendo do objetivo final esse lead, posso obtê-lo de duas maneiras:

Dar algo em troca é chamado de landing page de geração de leads. (oferecer algo ao usuário para obter as informações que bem acharmos precisas, seja: um ebook, presente, uma assinatura, uma check list) O objetivo é que o usuário deixe suas informações de contato.

Gerar uma venda, ela é chamada de página de destino de vendas diretas.
São vendas diretas onde o que se pretende é a venda do produto ou serviço. Logicamente, todos os dados do cliente também são coletados com um nível maior de detalhes.

O marketing digital precisa conseguir conversão. Conversão entendida como a materialização direta ou indireta do objetivo marcado. Ou uma venda ou um lead.

Faz sentido para sua empresa estratégia de marketing?